Events

Prior Bryant Jones – Conference – Dighton Rock (Video)

Posted on

Fr+ Bryant Jones, Prior of the United States OSMTJ sent us the link to his Conference at the Dighton Rock Museum. I hope you enjoy.

Advertisements

Conference – History of the Knights Templar and how they were reorganized into the Portuguese Knights of Christ

Posted on Updated on

We have received the following message from dear Br+ Bryant Jones, GP USA of the OSMTJ.

“I’ve been asked to speak on the “History of the Knights Templar and how they were reorganized into the Portuguese Knights of Christ” at the Dighton Rock Museum in Berkeley, Massachusetts. Please see the pictures below for the inside and outside of this wonderful museum.  The Dighton Rock is significant for us because when the member of the Portuguese Knights of Christ named Miguel Corte-Real was sailing the coast of Massachusetts in 1511, he stopped to sign this rock and carve into it the symbol for the Knights of Christ.  As you are aware, the Knights of Christ originated from the Knights Templar.

All of you are invited and I begin speaking at 1pm this Sunday August 13th.  (The vast majority of you live far away and I don’t expect you to drive all that way for a 1 hour presentation).

Directions:  Please follow the directions to Dighton Rock State Park listed on their website: https://m.facebook.com/FriendsOfDightonRockMuseum/

If any of you would be willing to share the link about this event from their above Facebook page, I would be grateful to you.

God bless,

Bryant Jones

Grand Prior OSMTJ-USA

www.TheKnightsTemplar.org

 

Dear Br+ Jones, please send us a text with your speach. We would love to publish it!

Festa de São João e Novas Comendadorias em Portugal

Posted on Updated on

Celebrou-se no passado dia 24 de Junho de 2017 em Arraiolos mais uma importante data na história do Priorado Ibérico da OSMTHU, a comemoração da Festa da Luz, de São João Baptista.

Este ano a alegria foi maior porque a Ordem estabeleceu nesse dia 3 novas Comendadorias, recebendo ainda um número significativo de Escudeiros que assim iniciam os seus estudos mais aprofundados no ideal da Cavalaria Espiritual Lusitana, depois de um período como Noviços em que tiveram a oportunidade de se familiarizar com os princípios da Cavalaria universal.

A festa iniciou-se a meio da tarde com um convívio típico, onde não faltaram as tradicionais sardinhas e o churrasco, em que participaram todos os irmãos e irmãs, bem como as famílias, vindos de várias partes do país, alguns percorrendo largas centenas de quilómetros, outros vindo logo dali do lado.

Ao final da tarde o Comendador Rui Herdadinha teve a oportunidade de lembrar algumas das lendas de Arraiolos, nomeadamente da cabeça da Igreja do Convento de Nossa Senhora da Assunção, onde iriam decorrer as cerimónias. Após uma rápida visita ao Castelo, a tempo de apreciar o por do sol alentejano que já é bem familiar aos membros mais antigos da Ordem, rumou-se ao Convento para iniciar a parte litúrgica do dia.

A Ordem reuniu em Capítulo Nacional, presidido pelo Grão Prior Geral. Após algumas curtas comunicações, em que se recordou a passagem dos Irmãos Ronald Cappello e Fernando de Toro-Garland, duas figuras incontornáveis para a Ordem a nível internacional, mas particularmente para o Priorado português, os Comendadores tiveram a oportunidade de informar o Prior e a congregação do decorrer dos seus projectos, os quais começam a ganhar ritmo e permitem prever um ano de 2017 / 2018 muito frutuoso.

Procedeu-se então à cerimónia de investidura das Comendadorias. Tratando-se de um encargo da Ordem sobre um Irmão, o ritual, apesar de simples, é carregado de significado e levado a cabo tal como o era na idade média, com igual intensidade e solenidade. Estabelece-se um vínculo pessoal e de confiança, mais que um laço, uma verdadeira atadura, cujo rompimento representaria o ato simbólico contra-iniciático correspondente e a correspondente punição in ordine e in theatrum mundi. Não é coisa para levar de ânimo leve.

Foram então investidos em funções o Comendador de Lisboa, das Chagas, Irmão Luis Fonseca, KCOT; o Comendador de Laccobriga, Irmão Vitor Varela Martins, KCTJ e o Comendador do Condado de Arraiolos, Irmão Rui Herdadinha, KCTJ.

O Comendador de Lisboa, das Chagas, recebe a investidura

O Comendador de Laccobriga recebe a sua investidura

O Comendador de Arraiolos recebe a investidura

Finalmente procedeu-se à recepção de Escudeiros, cerimónia que remete para uma série de leituras de carácter instrutório e lendário, rematada pelo compromisso de serviço e o vestir da Alba, primeira veste na Ordem.

A Ordem agradece à Pousada do Convento de Nossa Senhora da Assunção, na pessoa do seu Director, a amabilidade com que nos acolheram. A Ordem agradece ainda publicamente ao Comendador Rui Herdadinha e sua família pelo seu empenho, bem como a todos os Irmãos e Irmãs que contribuíram decisivamente para uma festa cuja recordação será difícil esquecer, quer tenha sido com o seu trabalho e dedicação (não faltaram comida, bebida e sobremesas), quer tenha sido pela sua alegre presença. Por sua causa, o dia mais longo do ano foi um Dia Maior.

A presente estrutura do Priorado nacional é hoje a que está expressa no seguinte gráfico.

Historia Secreta del Templarismo y de la Francmasoneria

Posted on Updated on

col2

El pasado viernes 13 de mayo, el Priorato General de la Republica de Colombia de la Orden Soberana y Militar del Templo de Jerusalem Universal – PGRC – OSMTHU, presentó la Conferencia “SECRET TEMPLAR HISTORY AND FRANCMASONERY” por el I∴P∴H∴ Timothy W. Hogan Gran Maestro de la Orden Soberana del Templo Iniciática – Ordre Souverain du Temple Initiatique – O.S.T.I. La conferencia sobre las Conexiones Templarías en la Francmasonería, documenta las pruebas que demuestran concluyentemente la conexión en la Masonería temprana y los Caballeros Templarios. La exposición hace un recorrido de la Historia Secreta de los Templarios así como un examen de la asociación Templaría con diferentes escuelas de iniciación en aquel entonces, y cómo estos rituales más tarde encontraron su camino en principios de la masonería.

El Priorato General de Colombia en la sede de la Encomienda Templaria Emirto De Lima & Sintiago ubicada en el Valle de Barranquilla, hicieron los respectivos reconocimientos otorgando el titulo de Miembro Honorario, por sus méritos como Escritor, Historiador e Investigador en la Masonería y el Templarismo al I∴P∴H∴ TIMOTHY WARREN HOGAN, quien sirve al mundo como Gran Maestro de la Orden Soberana del Templo Iniciática – Ordre Souverain du Temple Initiatique – O.S.T.I., perteneciente al linaje Templario de Palaprat; ha sido investido de Caballero en la Orden del Paráclito y la Paloma en Francia – Order of the Paraclete and the Dove; e investido de Caballero en la Orden de San Andrés – Ordre of Saint Andrews, y en la Real Orden de Escocia – Royal Ordre of Scotland, en Escocia; También ha sido investido Caballero en el Señor Caballero de la Estrella de Oro de los Caballeros de la Cañada – Gold Star Sir Knight of the Knights of the Glen.

Es Presidente de Circes Internacional – (http://circesinternational.org/), una organización que estudia las culturas del mundo y las tradiciones espirituales a lo largo de la historia, que se desempeñan como embajadores de la paz mundial. También trabaja como COO de Elite Sterling Security, es socio de los Quattro Coronati Tabacalera, y hace trabajo de asesoramientos en Hollywood, California, para la industria del entretenimiento.

col1

En su carrera masónica pertenece a la Gran Logia de Colorado, ha sido: Past Master de la Logia del Este de Denver #160 de Colorado; Past Master Kadosh para el Consistorio del Jurisdicción del Sur del REAA de los Estados Unidos; y Past Venerable Maestro del Allied Masonic Degree Council #429 Denver, Colorado. Miembro activo de la Enlightenment Lodge No. 198, ambos bajo la Gran Logia de Colorado. Él es un miembro fundador de Pythagoras Lodge No. 1841, bajo la Gran Logia de Escocia. Miembro Honorario del Wilkerson College Lodge N ° 760, en virtud de la Gran Logia de Carolina del Norte, y Miembro Honorario de la Research Lodge of Connecticut, bajo la Gran Logia de Connecticut. Él es un ex Profesor de Distrito de la Gran Logia de Colorado, Distrito # 53. Distinguido con el James Royal Case Award por la investigación masónica dentro de la Gran Logia de Connecticut. Es Caballero Templario en el rito de York de la Francmasonería., y un Caballero Comendador del grado 32 de la Corte de Honor (KCCH) en el Rito Escocés Antiguo y Aceptado. Es Past Soberano Maestro del Allied Masonic Degree, Capítulo 425. Oficial activo en la Societas Rosicruciana In Civitibus Foederatis. Ha sido nombrado como un Señor Caballero de Oriente y Occidente en los Caballeros Masones de Irlanda – Sir Knight of the East and West in the Knight Masons of Ireland.

Esta Cancillería en nombre del Priorato General de la República de Colombia perteneciente a la Orden Soberana y Militar del Templo de Jerusalem Universal – O.S.M.T.H.U., ofrece agradecimientos por la gestión y coordinación a los hermanos masones: Comp∴M∴Miguel Caballero, de la muy Resp∴Log∴HERMES TRIMEGISTO #63; al V∴M∴Marco Gélvez de la muy Resp∴Log∴HERMES TRIMEGISTO #63; al muy Resp∴V∴M∴ RICARDO MEJIA M∴M∴30, de la muy Resp∴Ben∴ y Mer∴ Log∴ LUZ DE GIRARDOT #2, Gr∴Canciller de la Gr∴Log∴ de Col∴ con sede en el Ori∴ de Bog∴

 

Fr+++ MANUEL ANTONIO RICAURTE FLOREZ

Caballero Oficial Templario Canciller P.G.R.C.

O.S.M.T.H.U.

Pentecostes 2016 celebrado com Armações no Priorado de Portugal

Posted on Updated on

P1080001

A OSMTHU, através do seu Priorado Ibérico, celebrou este ano o Pentecostes, realizando uma cerimónia de Armação de novos Cavaleiros e Damas, que teve lugar em aquartelamento protegido na região do Alentejo. Além das autoridades nacionais da Ordem, incluindo o Grão Prior Fr+ Luis de Matos e o Capelão Geral, Mons. Tau Christophorus de Lusignan, esteve igualmente presente o Senescal da Ordem, membro do Conselho Magistral e Prior da Inglaterra e Gales, Fr+ Leslie Payne.

P1080090a

Na mesma ocasião prestou juramento ainda o Fr+ Paulo Valente, KCTJ, sendo investido como Comendador da Comendadoria de Sintra, que terá o especial encargo de proceder à instrução da classe de Noviços.

P1080004

Damos os parabéns a todos os Cavaleiros e Damas armados nesta ocasião, acolhendo-os numa fraternidade de serviço, espiritualidade e busca pelo conhecimento. Que os seus nomes sejam conhecidos: Cavaleiro Fernando Silva, KTJ; Cavaleiro Jaime Laranjeira, KTJ; Cavaleiro João Pedro Silva, KTJ; Cavaleiro Joaquim Marvão, KTJ; Cavaleiro Jorge Rosa, KTJ; Dama Margarida Rodrigues, DTJ; Cavaleiro Miguel Fabiana, KTJ; Dama Paula Valente, DTJ; Cavaleiro Pedro Coradinho, KTJ; Dama Rosa Ferreira, DTJ; Dama Sandra de Oliveira, DTJ; Cavaleiro Victor Varela Martins, KTJ e Cavaleiro Victor Graça, KTJ.

Agradecemos ainda a todos os que organizaram e puseram todo o seu esforço ao serviço da Ordem neste dia tão especial.

INÍCIO DA VIGÍLIA

P1080002

P1080003

P1080104a

TONSURA

P1080118a

INSTRUÇÃO E LEITURAS

P1080111a

P1080133a

VIGÍLIA

P1080157a

P1080142a

ARMAÇÃO

P1080005

P1080006

Novos Escudeiros no Priorado Ibérico

Posted on Updated on

anjou

Os tempos do rápido consumo das coisas mundanas levou ao rápido consumo das coisas que valem mais que o mundo. Num ápice, passamos por elas sem as experimentar verdadeiramente e sem nos determos o tempo suficiente para nos deixar seduzir nem pelo seu encanto, nem pela voz que evidenciam e não ouvimos. A vontade de ter e de chegar cobre e oculta os aromas suaves que só se experimentam no passar largo.

Muitos ramos das Ordens que derivam do reavivar dos valores Templários nos séculos XVIII e XIX desconhecem os graus de Noviço e Escudeiro. Entra-se na Ordem por cima. Da rua a Cavaleiro em poucos minutos. Passe de ilusionismo, capa na mão. Flup! Já está! Muitas vezes até ouvimos “Sr. Fulano é uma pessoa extraordinária e já era Templário ante de o ser”. Mas como é que se pode ser antes de ser? Estaremos a cumprir o nosso desígnio ao passar a Cavalaria com a facilidade de quem passa uma constipação?  É que muitas vezes a vontade de “ser Templário” assemelha-se a uma febre  rápida, mas passageira, que se apanha com os amigos. Um espirro aqui e ali: “Sim, juro! Sim, prometo!”, mas depois de passar só ficam para trás os lenços de assoar. Entrou e saiu com a velocidade de um tiro. Ala que se faz tarde. Templários quê? Já tenho… Já sou! Já fui…

Por isso, é de destacar a tenacidade daqueles que procuraram com igual curiosidade e desejo, mas em vez de se deixarem seduzir pela Via Rápida, se mantiveram atentos à Via Dolorosa, mais lenta mas, por ventura, mais segura. Hoje, pedir a alguém uma cifra elevada em Euros para o fazer rapidamente “templário” é mais fácil do que pedir a alguém mais de um ano de estudo e formação para (talvez…) chegar a ser Cavaleiro. Ninguém quer esperar meses para eventualmente ter o que, tudo indica, ser a mesma coisa, mas muito mais depressa. Ninguém quer perder tempo a estudar o que já leu nos livros que tem sobre a Ordem. A Via Rápida é ampla e sem obstáculos, com arrojados viadutos sobre o vale (nem é preciso lá descer), três faixas de rodagem e Via Verde. Já a Via Dolorosa, é longa e não se sabe mais nada. Só se sabe que demora muito tempo. Poucos vêem a necessidade de começar como Noviço. “Noviço, eu? Já ando a estudar isto há tanto tempo! Então agora é que vou ser Noviço?”. Poucos vêem no Escudeiro uma progressão. A poucos interessa a Via Dolorosa porque o que procuram não é ser, mas parecer (assumir a similitude, esperando que assim se dê a ilusão, literalmente que “o hábito faça o monge”). O que é instantâneo na Via Rápida é incerto e longínquo na Via Dolorosa. Ou, sendo porventura caridoso, tudo é longínquo e incerto na Via Delarosa ou Via De la Rosa.

A Ordem dá por isso os parabéns aos novos Escudeiros e Escudeiras, reconhecendo neles e nelas a dedicação e o desejo de progredir um pouco mais no seu trabalho de instrução e despertar espiritual. Não será demais dizê-lo: pelo serviço, a recompensa é certa.

Luis de Matos

Prior Geral

Chanceler Internacional

OSMTHU

 

Priorato de Colombia – Celebracion de Juan Bautista

Posted on Updated on

SAM_0387a

La Celebración del Nacimiento de Juan el Bautista a Capítulo Cerrado de la Encomienda Emirto De Lima & Sintiago con sede en el Valle de Barranquilla es precedida por el Gran Prior General de la República de Colombia Francesco Cavalli durante el Solsticio de Verano bajo los Augustos Misterios en la dualidad del Jano: el Joven y  el Viejo, el uno Lampiño y el otro Barbado, el que mira al futuro y el otro al pasado; Jano – Janvier, da inicio al año tras el renacimiento del Sol en el Solsticio de Invierno; Joan, atraviesa los tiempos y los mitos de orígenes diversos de la dualidad de los dos Caballeros Templarios sobre el mismo corcel; Jano bifronte, como dos veces Juan, el Bautista y el Evangelista, el Solsticio de Verano y el Solsticio de Invierno, Santos casi gemelos; Jano del Pasado y Jano del Porvenir; Juan el Precursor y Juan el que debe regresar con la venida del Cristo.

El simbolismo de la muerte del Cristo en el Gólgota – Monte de la Caravela de Adam. “El cráneo evoca en las tradiciones iniciáticas la caverna que ilumina el ojo del mundo. El túmulo yermo, el Calvario, el Gólgota es ‘Cráneo’ y llevará la señal de la redención”

Juan el Bautista, el precursor y anunciador del Cristo, simbolizado de alguna manera en el Abraxas – Secretum Templi, sello usado por la Orden; Referenciado en la simbología Crística como el Cordero – Agnus Dei, manifestándose explícitamente como “Yo soy el garante del Cordero” e integrándose fundamentalmente a la vieja tradición del Culto de las Cabezas Cortadas, Juan y Jesús – el Cristo – símiles en el Tiempo – “Yo soy aquel que es igual que yo” – Solsticio del Agua y del Fuego.

Jano o Juan el Bautista en el plano Simbólico, son de relevante consideración para el Inner Temple que como en Ilo tempore en la Noche de los Tiempos hasta nuestros días se mantiene representado…

 

Fr.+++

Manuel Ricaurte F.

Canciller

PGRC – OSMTHU