VN Barquinha acolhe II Conferência Internacional sobre Templários

Posted on Updated on

This image has an empty alt attribute; its file name is vnb-templarios-CITA-IMG_1538-1320x880.jpg

Depois do sucesso da 1ª conferência internacional sobre “Ordem do Templo – Cavalaria Espiritual – Templarismo”, realizada em outubro de 2019 em Vila Nova da Barquinha, o município anunciou para dia 13 de outubro o arranque da II Conferência Internacional, com evocação do 13 de outubro de 1307, data relevante para a história templária.

“Quando se fala em Vila Nova da Barquinha, falamos de património, história, paisagem e memória. Aqui encontramos um dos ex-libris da Ordem do Templo e dos Cavaleiros Templários – o Castelo de Almourol, fortaleza medieval, numa ilha cercada pelo rio Tejo, símbolo de prestígio e um marco na história de Portugal. Todos os recursos a ele associados, com a junção do Centro do Interpretação Templário de Almourol e da Biblioteca Templária, agregam parâmetros de qualidade que permitem ajudar ao desenvolvimento uma nova imagem turística da região na Europa e no mundo. Por isso a 2.ª conferência internacional é tão importante para nós”, disse ao mediotejo,net o presidente do município de Vila Nova da Barquinha, Fernando Freire.

Vão participar na II Conferência anual Luis Miguel Preto Batista, Marta Ataíde, Nuno Villamariz Oliveira, Virgílio Alves, Ernesto Jana, Manuel J. Gandra, Luís de Matos, Luís Fonseca, João Pedro Silva, António Paris (Itália), Victor Padilla Nieto, (Espanha), Marija Karbic e Damir Karbic (Croácia), sendo as intervenções publicadas em formato digital.

“Devido à situação e pandemia que vivemos todas as intervenções serão em formato on-line. Todavia, em Vila Nova da Barquinha, será feita a evocação singela do 13 de outubro de 1307, data em que Filipe IV “O Belo” prende em França os cavaleiros templários pretendendo derrubar a Ordem. Estarão presentes um número restrito de membros e serão cumpridas as normas da DGS para eventos culturais”, avançou Fernando Freire.

Por fim será inaugurada, em 18 de novembro, a exposição sobre o tema “A Morte – Exéquias e Ritos de Tumulação dos Cavaleiros do Templo e de Cristo” esta já com abertura ao público.

Em 2019, recorde-se, reuniram-se naquela vila ribeirinha, de 11 a 13 de outubro, os maiores especialistas mundiais na temática Templária, com oradores oriundos de França, Itália, Espanha, Estados Unidos e Portugal.

O evento serviu para unir as duas principais organizações mundiais de Templários, a Ordo Supremus Militaris Templi Hierosolimitani Universalis (OSMTHU) e a Ordre Sovereign et Militaiire du Temple de Jerusalem (OSMTJ), que ali assumiram o compromisso de trabalhar em conjunto no plano cultural, usando o Centro de Interpretação Templário (CITA) da Barquinha como “lugar de estudo, discussão e partilha de conhecimentos”.

Por Mário Rui Fonseca; Mediotejo.net