Castro Marim – Comemoração dos 700 anos da fundação da Ordem de Cristo

Posted on

Comemorar os 700 anos da Ordem de Cristo é uma alegria sem medida. Não é relembrar um momento no passado, é antes reafirmar um propósito e uma esperança no futuro.

Quero assim agradecer em meu nome, em nome da Ordem Soberana e Militar do Templo de Jerusalém Universal, como seu Chanceler internacional e Prior em Portugal, o convite da Câmara Municipal de Castro Marim – a que respondemos com entusiasmo – bem como a presença e colaboração dos muitos amigos, Irmãs e Irmãs e simples turistas que passavam e vieram saber de que tratava a agitação.

Gostaria de destacar, pelo conteúdo e qualidade, a intervenção do principal autor Português na temática Templária e da Portuguesia, Manuel J. Gandra, que destacou algumas das passagens mais reveladoras e até intrigantes da Bula de criação da Ordem de Cristo, em que se deixa clara a continuidade da do Templo, assunto sobre o qual muitos escrevem, mas poucos de facto concretizam.

Destaco igualmente o apoio permanente e verdadeira militância espiritual das Comendas do nosso Priorado e dos seus membros individualmente, que se viram desta vez apoiados pela visita de Irmãos e Irmãs de outros ramos da Ordem, quer do Algarve, quer mesmo de Espanha, num exemplo de cooperação e convívio fraternal até há pouco tempo inaudito, numa época em que tão facilmente caímos no erro de dividir o mundo em “nós” e “eles”. A todos o nosso agradecimento e aos visitantes, a certeza de que este foi o início de muitos projectos em que com eles contamos.

Sublinho o desempenho exemplar do nosso corpo litúrgico, liderado pelo Comendador de Lisboa e Bispo da Old Templar Church, apoiado nesta ocasião pelo Comendador de Laccobriga, pelos Grandes Oficias Preceptor e Hospitaleiro e demais Irmãos e Irmãs, que ficarão anónimos. Sabemos quem são, sentimos no profundo do coração o efeito do vosso trabalho.

Finalmente, terminando como comecei, sabendo bem o que custa organizar, gerir e montar um evento desta natureza num dos lugares maiores da nossa história, destaco o profissionalismo, o carinho e a paciência como a Câmara Municipal de Castro Marim nos recebeu, Agradeço ao Presidente Francisco Amaral, à sua Vice-Presidente Filomena Pascoal Sintra pela insuperável simpatia e atenção bem como a toda a equipa camarária, cujo esforço e dedicação não passou despercebido. Bem hajam.

Para o ano há que reavivar a memória. Castro Marim e a Ordem de Cristo são património de todos nós, todo o ano, Há que não o esquecer. Possamos ser dignos de tal herança.

Luis de Matos
Prior Geral
osmthu.org