Cerimónia Solene de Armação teve lugar na Comendadoria de Sintra, Portugal

Posted on Updated on

201410005

Novos Cavaleiros e Damas foram armados este fim de semana na Comendadoria de Sintra do Priorado Ibérico (OSMTHU), em Portugal. Damos os parabéns a todos, acolhendo-os numa fraternidade de serviço, espiritualidade e busca pelo conhecimento. Que os seus nomes sejam conhecidos: Dama Anabela Melão, DTJ; Dama Ana Tavares de Mello, DTJ; Dama Susana Ferreira, DTJ; Dama Isabel Passos, DTJ; Cavaleiro Bruno Judas, KTJ; Cavaleiro Michel Rodrigues, KTJ; Cavaleiro Paulo Cristóvão, KCTJ; Cavaleiro Paulo Valente, KTJ; Cavaleiro Rui Herdadinha, Cavaleiro Vitor Barata, KTJ e Cavaleiro Vitorino Batalim, KTJ.

O Priorado Ibérico e o Conselho Magistral dão os parabéns aos novos Cavaleiros e Damas, desejando que todos eles encontrem um caminho para a sua demanda espiritual neste novo estágio nas suas vidas, na certeza de que podem agora ver a Cavalaria como uma força viva e não letra morta nas páginas de livros cheios de pó.

201410006

A Cerimónia

O sol já se punha no horizonte distante do Cabo da Roca, o ponto mais ocidental da Europa continental, o lugar onde a terra acaba e o mar começa, quando os Escudeiros contemplavam como a luz do mundo se esconde ciclicamente e como os seus últimos raios parecem ser frágeis, distantes que estão do fulgor do brilho do meio-dia. Depressa a escuridão cobriu a terra. Era hora de voltar à segurança da Comendadoria.

Seguiu-se uma refeição ligeira. Logo de seguida todos foram chamados à Sala do Capítulo para as últimas instruções e exame antes da Vigília. O Prior Geral leu passagens dos principais texto de fonte tradicional, explorando alguns dos temas mais básicos e centrais que devem ser considerados antes de iniciar uma Vigília e juntar-se à Ordem. Todos os Escudeiros foram examinados.

201410003

A Vigília começou depois da hora mais negra da noite. A Regra Latina da Ordem do Templo foi lida. Depois, à vez tomando turnos, todos os Escudeiros leram em voz alta todo o Livro do Apocalipse e o Evangelho de Marcos. Cada um foi levado individualmente a uma sala provada, para consolamentum espiritual.

Pouco antes da madrugada, os Escudeiros foram levados a campo aberto, junto ao mar de novo, para testemunhar o regresso da luz. Tal como João, foram testemunhas de que a luz regressa na sua glória plena e que todas as criaturas da terra e dos céus rejubilam na sua presença. Bem depressa o sol todo poderoso brilhava na sua força imparável, afastando o nevoeiro da manhã e todas as sombras negras da noite.

201410001

Era já tempo de recolher à Capela. Ali o trabalho de Capítulo foi retomado. O ritual foi executado na mais estrita observância da regra e todos os Escudeiros foram armados, Cavaleiros e Damas foram armados. A Eucaristia foi celebrada pelo Prefeito Apostólico do Priorado e todos os Irmãos e Irmãs se sentaram à mesa fraternal do pão e do vinho, do corpo e espírito do Senhor.

201410004

Nesta feliz ocasião três novos Comendadores fizeram o seu juramento com a criação de três Comendadorias. O Cavaleiro Olivier de Brito, KCTJ é agora Comendador da Arrábida; a Dama Ana Brum, DCTJ é agora Comendadora de Lisboa – Colina de Sant’Ana e o Cavaleiro Paulo Cristóvão, KCTJ é agora o Comendador de Lisboa – Colina de São Vicente.

Todos partiram depois do meio dia, de volta a suas casas para junto das suas famílias e de regresso às suas vidas seculares, carregando nos seus corações a presença viva do que tinham acabado de viver.

201410002


Nota: Deverá ser notado que Paulo Pereira Cristóvão, aqui citado como Comendador de Lisboa, não é membro da Ordem desde 13 de Dezembro de 2014. As recentes acusações criminais que enfrenta dizem respeito apenas à sua vida privada e não envolvem a Ordem ou os seus membros. A Ordem lamenta ter sido induzida em erro pelo seu Registo Criminal limpo e irá aduzir o seu nome, de acordo com os estatutos, à lista pública daqueles que foram erradicados da Ordem.